domingo, 3 de fevereiro de 2013

A VITÓRIA NA BEACH CROSS 2013

Foto gentilmente cedida pelo Prof. Og Robson

“Vixe, como eu tô feliz, olha só como eu tô pago”.

O grande volume de corrida em areia dos últimos meses, somado aos tempos obtidos nos dois treinos contra-relógio feitos no próprio trajeto da Beach Cross, encheram-me de confiança em um bom resultado na prova de hoje.

Quer dizer, isso até anteontem. “Pra variar”, à medida que ia chegando a hora H, a confiança ia cedendo lugar ao velho e conhecido frio na barriga.

O aquecimento feito ao lado de Adautro enquanto discutíamos detalhes do percurso trouxe-me um certo alívio, entretanto (eu já sabia rs) os sintomas só desapareceram completamente após soar a buzina de largada.

Sem ter forçado tanto a barra para sair na frente, vi-me, tão logo deixamos o pequeno trecho de grama e pisamos na areia fofa, entre os 04 primeiros.

Logo fui passado por Adautro, que saiu “lascando” pra cima dos primeiros colocados. Ciente de que ele tinha toda condição de chegar na frente de todos, mantive um ritmo suficiente para não desgarrar demais da turma da frente e fui acompanhando a peleja.

Sabia que Adautro não estava inscrito, os atletas da frente não. E isto fez muita diferença no resultado da prova. Principalmente quando ele emparelhou com os ponteiros e estes começaram a resistir à ultrapassagem.

Adautro e o Mestre Carlinhos em nosso treino de tiro no Pinicão na terça-feira passada
Aos poucos pulei para o “terceiro” lugar, encostando no “coelho” amigo para que ele se desse conta de que eu havia chegado para a briga.

A respeito do garoto que seguia à frente (Damião Rosa da Silva Júnior), e que incrivelmente estava correndo de tênis naquela areia fofa, já tinha ouvido uma conversa nada animadora antes de começar a prova em que diziam ter ele 31’ nos 10km.

Já estava de muito bom tamanho manter-me junto com aquelas duas feras e, pelas outras que vinham logo atrás (Marcelinho e Dionísio), sabia que qualquer erro no ritmo me jogaria lá para quinto lugar.

Na hora de fazer a meia-volta, Adautro caiu um pouco para trás e segui alternando posição com Damião. Exatamente num momento em que ele havia retomado a ponta, eis que o coelho de luxo volta a dar uma mãozinha arrebatando a dianteira da prova.


Uma conferida no relógio num ponto previamente marcado me fez perceber que estava com um minuto de vantagem em relação a meu último treino naquelas areias. Sentindo-me bem, resolvi partir para o tudo ou nada. O incentivo recebido pela galera que ainda subia foi de vital importância naquele momento.

Apertei para encostar em Damião enquanto me decidia se ia “descansar” um pouco atrás dele ou seguiria direto. Decidindo pela última opção, fui à caça de Adautro.

Àquela altura estava liderando a prova, mas nem lembrava mais disso. Sentia a garganta seca e também não conseguia saber se havia bebido água no meio da prova. Demorou um tempinho para a ficha cair: não precisava passar aquele cara na minha frente.

Controlando a emoção fui pisando nos calcanhares do amigo. As corridas naquele local já haviam me ensinado que a distância naquele areal enganava muito. O que parece estar perto muitas vezes ainda está bem longe.

Mas eu estava sentindo que podia mais e quando recebi a ordem de “Vá embora” não hesitei nem sequer um segundo em cumpri-la.

Como nos treinos preparei-me para a mudança de piso, antes de pisar na grama dei uma olhada para ver onde estava Damião. O cara já havia passado Adautro, mas eu ainda tinha uma leve vantagem sobre ele. Sabia que renderia mais se relaxasse um pouco durante a transição e assim o fiz.

Confesso que teria ficado feliz com qualquer classificação entre os 3 primeiros colocados, mas agora eu queria mais. Precisava aproveitar a combinação que me levara a estar ali naquele momento.

Havia sido beneficiado pela ausência de alguns monstrinhos (como fiquei feliz quando vi meu amigo Edson Barbosa correndo na orla mais cedo... rs) e a presença de Adautro na prova não podia ter sido mais positiva para mim.

Pódio Geral Masculino
Ignorando as pedras do caminho e a ladeira antes de chegar à meta, disparei à toda e, com 28’32 (apenas 09 segundos de vantagem),venci a Beach Cross 2013.

Mais tarde tanto eu quanto Damião chegaríamos à conclusão de que ambos sabíamos que se houvéssemos chegado mais emparelhados eu não resistiria a seu sprint.

Com Vanuza
O resto, claro, foi só felicidade. Fui buscar a tia Lalá que baixou 12 minutos do tempo do ano passado. Gil fez uma ótima prova ficando em 7º no Geral (vice-campeão de sua faixa); Vanuza fechou a prova em 4º lugar geral (Campeã da Faixa) baixando 06 minutos do seu tempo do ano passado e Pataro fez uma belíssima estreia nas areias fechando a prova em 37 minutos.

Chegada de Pataro

Às vésperas de completar 45 anos estou seguro de que preciso muito agradecer a Deus pela oportunidade de viver um momento como este e, mesmo correndo risco de a emoção e a memória me levarem a cometer alguma injustiça, não posso deixar passar a oportunidade de dedicar esta vitória a alguns nomes importantes neste meu caminhar:
A toda minha família, tia Lalá, Marcelo Augusti, Douglas Horas, Joana Cardoso, Ivan Barbosa, Adhemar, à família Working Sports, a todos os companheiros de treino e a todas as pessoas que genuinamente sentem como sua a felicidade que vivo neste momento.

Deus esteja com todos nós!


Vanuza Campeã da Faixa

Samuel, Tia Lalá e Gil aquecendo

Com Audir
Pódio Geral Feminino

Gil no Pódio da Categoria 35/39

Com os Profs. André e Ângela (Corpus Vitalle)

Vanuza e Tia Lala no treino de tiro da última quinta-feira no Pinicão

Final do último treino preparativo para a Beach Cross (quinta-feira)

Jd. de Alah na terça


















22 comentários:

  1. Parabéns pelo feito meu amigo!!!! Dá-lhe campeão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo.
      Precisamos acertar os detalhes da nossa cicloviagem.
      Abraços!

      Excluir
  2. Parabéns pela vitoria Roberto, foi uma belíssima prova, mas não posso deixar de elogiar também a belíssima prova de Gil, Laryssa e Pataro. Eles impressionarão bastante e conseguirão baixar o tempo além das expectativas.Beijos da grande fã de vocês! Angélica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angélica,
      Tenho maior orgulho de ser amigo deste povo. O monstro Gil é realmente um fenômeno.
      Abraços!

      Excluir
  3. Parabéns Robertão, mais que merecido. Você é sinônimo de disciplina e merece com certeza muitas vitórias. Que 2013 seja repleto de vitórias.

    Forte abraço e um bom carnaval. Se não tiver aula quinta talvez eu apareça na corrida. (Apesar de estar sem treinamentos, por conta daquele assunto que vc já sabe).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Dart!
      Vamos torcer para que você possa brincar conosco mas se não der desde já desejo-lhe um carnaval de muita paz.
      Abraços!

      Excluir
  4. Salve meu irmaozinho

    Parabens pela vitória meu brother... Agora vamos rumo ao BI 2014, TRI 2015... acho q o octa basta e dai ja botou Schumacher - com seus miseros 7 titulos - no chinelo.. :)
    Parabens pra vc tbm titia lala pelos 12minm a menos na prova
    Gil e Pataro representaram os Salvador Promaratonistas muito bem PARABENS meus amigos... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu querido.
      A galera mandou ver mesmo lá.
      Agora a ordem é relaxar geral na Corrida da Folia.
      Abraços!

      Excluir
  5. Roberto
    A conquista de um excelente resultado numa corrida não é por acaso. Nunca ouvi alguém dizer que tenha ganho sem o esforço e tudo isso que você vem conquistando ao longo de pouco tempo ainda de corrida é fruto de muita dedicação, coragem, determinação e que serve pra todos nós como um exemplo a ser seguido e isso aliado a sua boa vontade em ajudar incentivando aqueles que digamos são mais devagar, mas que também adoram correr e procuram melhorar.
    Parabéns a vocês e aos amigos que tiveram seus objetivos alcançados independente de subirem ou não ao pódio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel,
      Muito obrigado pelas palavras. Fiquei (e estou) bem feliz com o resultado obtido por todos nós e quero que se sinta parte desta vitória também. Aliás parabéns pelo seu excelente tempo na prova de ontem também. Aquela ladeira dentro do seu condomínio está completamente aprovada. Uma hora destas quero brincar lá também.
      Abraços!

      Excluir
  6. Parabéns Roberto! Deve ter sentido o que um apostador sente quando ganha na megasena. O coração deve ter ido a uns 240/min. Deus continue abençoando sua evolução!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Roberto.
      Quando existe o esforço, existe a recompensa.
      Érica Sampaio

      Excluir
  7. Po Roberto que noticia ótima, então os parabéns será triplo desta vez primeiro por começar com o pé quente o ano de 2013 vencendo esta prova, segundo pelo seu aniversário que Deus te abençoe e te ilumine com muita saúde e terceiro pelo pódio da tia Lala...Digamos que temos que aproveitar as oportunidades e vc fez o dever de casa certinho é isso aeee campeão. Agora to conhecendo esta prova onde foi a sua chegada quando estive ai passei em frente a esses coqueiros...hehehe...
    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Jorge,
      É bem isso mesmo... estava na hora certa, no lugar certo e aproveitei o bom momento.
      A tia Lalá embora tenha baixado um tempão em relação ao ano passado (quando foi pódio) não entrou na faixa mas não deixou de ser uma grande corrida.
      Tá na hora de você voltar com mais tempo a nossa cidade. Mas vem preparado que o citytour vai ser na base do trote.
      Abraços!

      Excluir
  8. Parabens Roberto gostaria muito de ter um terço desta sua disposição para as corridas. O texto esta ótimo lí ate o final e olha que não sou muito de ler blogs não mas o seu fiz questão de ler a te o fim.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Grande campeão Roberto! Parabéns! Parabéns! Só lamento não ter estado presente para aplaudir sua chegada fantástica. Foi um "vacilo" de minha parte, pois não tinha nenhum compromisso no sábado à noite. Que pena!Você é um exemplo de garra e determinação, de modo que com certeza outras vitórias memoráveis virão e na próxima quero estar presente. Um abração.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Beto! Os treinos na areia valeram a pena para todos.

    Saudades do grupo todo!

    Bj e boa semana

    ResponderExcluir
  11. Amor,
    muito bom fazer parte de mais esse momento tão bonito com você, poder compartilhar da sua alegria e ver recompensados o esforço e a dedicação que coloca em tudo o que faz.
    O mais importante é que você consegue fazer isso sem ficar focado somente em você e nos seus objetivos; é capaz de adaptar-se para permitir que outras pessoas possam também viver momentos de superação e prazer no mundo do esporte.
    Muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  12. Roberto meus parabéns, estou muito feliz por esse feito, você pode mostrar pra todos que, com garra, determinação e treino poderemos chegar longe.
    Ai vai uma frase de Mahatma Gandhi.
    "Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer".
    E você soube como ninguém dominar, conquistar e por em prática as simples e grandes palavras que compõem este verso.

    ResponderExcluir
  13. Parabens amigo, excelente noticia... Ainda existirao outras mais a serem comemoradas. Abs

    Bruno Fraga

    ResponderExcluir
  14. Parabéns!
    Os treinos na areia que só nosso grupo saber fazer fez toda a diferença!
    Uma tática, muitos objetivos e incomensurável determinação!
    Sucesso sempre!

    Abração!

    ResponderExcluir