segunda-feira, 2 de abril de 2012

MARATÓN DE SANTIAGO 2012 COM RP, "PERO NO MUCHO"

Com a "Titia" Lalá na entrega do Kit

O amanhecer do Domingo fez despertar aquele conhecido frio na barriga. Não tem jeito, se a Maratona é daquelas “pra valer” nunca estarei de todo tranquilo. A única coisa que dará um jeito naquela sensação é o “apito do juiz” dando início à partida.

ANTES
Apesar da pouca distância entre o Hotel e o local da largada preferimos ir de táxi para termos tempo suficiente de localizar pontos como guarda-volumes, banheiros, largada da Maratona e dos 10 km...

Faltando 30 minutos para a largada da Maratona (que estava prevista para 08:30, enquanto para os 10 a previsão era 08:45), após algumas fotos, despedi-me da titia Lalá que ainda iria colocar as coisas no guarda volumes e parti para fazer o aquecimento.


A praça estava completamente tomada por corredores (segundo os Organizadores havia 25.000 pessoas inscritas nas três distâncias (10, 21 e 42km), entre elas muitos brasileiros. 


Enquanto alongava tentava encontrar em meio aquele formigueiro humano a porta de entrada para a Largada da Maratona. Não havia baias separadas por ritmo de corrida. O horário de largada para cada distância era a única divisão e os maratonistas levavam uma pulseira preta.

A 15 minutos do início comecei a correr de um lado para outro buscando sem sucesso alguém que me dissesse onde era a entrada. As grades eram muito altas e nem que eu quisesse conseguiria pular.

O tempo ia passando e eu não conseguia descobrir. A cada olhada no relógio, para combater um pensamento que vinha me martelando: “Como uma preparação pode ser comprometida por um simples detalhe” e para diminuir a aflição, dizia para mim mesmo que aquele corre-corre estava sendo um bom aquecimento (rs).


Logo faltavam apenas cinco minutos e seguia perdido em meio à multidão, quando reparei num corredor argentino também olhando ansioso para todos os lados; além da camisa de seu país, no braço levava uma pulseira da mesma cor da minha. Perguntava-lhe se já sabia onde era a entrada quando ouvimos uma contagem regressiva. “Já?!”, pensei. Mas aquilo fora para que os Chilenos fizessem ecoar seu famoso grito de guerra: “Chi, Chi, Chi, Le, Le, Le – Viva Chile!”. Ufa! Alarme falso!

Foi quando finalmente avistamos a entrada do curral, guardada por um segurança que nos deixou adentrar à vista de nossas pulseiras. Despedi-me do colega de aflição desejando-lhe boa prova e gastei os três minutos restantes fugindo do fundão enquanto aproveitava para fazer uma prece à “Nossa Senhora dos Chips”.

Após um tiro de canhão, pontualmente às 08:30, demos início à nossa jornada.

Foi preciso muito zigue-zague para passar o primeiro quilômetro com 04’46. Apesar do tempo alto de passagem (o maior de todos) mais uma vez repetia para mim mesmo: “Servirá como bom aquecimento”. A última meia hora havia sido bem intensa, mas agora só precisava correr.

DURANTE
Acelerando para buscar o pace pretendido, logo nos primeiros quilômetros percebi os efeitos da baixa umidade da Capital Chilena; a garganta começou a secar e a sensação era semelhante à sentida naqueles exames ergoespirométricos.

Como sabia que os três primeiros postos de hidratação estariam dispostos de 5 em 5km e, só após o Km 15, de 3 em 3km, levava no short uma pequena garrafa d’água (250ml); tomei um gole e experimentei fechar um pouco mais a boca enquanto corria. Parece que deu certo porque até o final não mais tive a sensação de boca seca.

Passar o Km 10 com 43’ indicava que já estava dentro do ritmo pretendido, já que buscava fazer em torno de 1:31 na meia e, confiando nos tais 12km levemente descidos no final, tão cantados em versos e prosas, conseguir um split negativo na casa de 1:28.

Só esqueceram de dizer-me que para descer 12km há que se subir 30 (já que a a largada e a chegada eram no mesmo lugar rs).

Com 1h32min34 cruzava o pórtico da meia maratona. O percurso até ali tinha sido distribuído entre plano e levemente subido; o sonho do Sub-3 tava ficando complicado, mas a depender dos tais “12km levemente...” talvez ainda fosse possível.

Na passagem dos 30km já ia com 02h12; restavam menos de 48 minutos para 03 horas, o que me exigiria um pace abaixo de 04 a partir dali. Mais do que nunca precisava da tal ladeira de 12 km... rs.

E ela não veio!

Não sei quem foi que inventou essa estória de 12... Deixa pra lá (rs). Realmente fizemos uma descida longa, algumas passagens até chegaram a animar, mas depois vi muito mais trecho plano que levemente descido.

Estava me sentindo cansado e agora travava uma briga mental: forçar para tentar o Sub-3 ou manter para garantir o RP.

Algumas vezes me dizia. “Você já correu 30km, ainda dá tempo. Se deixar para outro dia, terá que chegar neste ponto de novo”. Noutras, a própria dificuldade que estava tendo para manter o ritmo arrazoava no sentido de que devia desistir por ora da ideia do Sub-3, sob pena de acabar a prova sem o RP.

O relógio, a razão e o cansaço venceram a briga. Concentrei-me em tentar fazer o mesmo tempo da primeira metade para fechar a prova comemorando com RP. Isso e os muitos gritos de “Si, Se pude Brasil” mantiveram-me focado na luta para não perder o ritmo.


Estampei uma camiseta especialmente para esta corrida: Salvador Pró-Maratona, com detalhes em verde e Amarelo sob uma bandeira do Brasil e uma frase de agradecimento a Marcelo Augusti, o grande responsável por minha evolução neste esporte.

A intenção era homenagear o mestre com o Sub-3. Como ainda não chegou a hora, dedico-lhe a nova marca alcançada nesta Maratona (RP): 03h05min45.



Em relação à marca anterior foi apenas 1 minuto e 44 segundos menos (ô minutinho sofrido rs), mas terminei a prova sentindo-me muito feliz por ter conseguido essa pequena vitória (em 89º lugar de um total de 2530 concluintes do sexo masculino).  

Após alguns minutos reencontrei-me com Laryssa, que esteve aguardando minha passagem no pórtico depois de cravar 01h00 nos seus 10K. Levando-se em conta que ela não tem regularidade alguma para treinar (por isso mesmo não tem tanta preocupação com relógio), foi sem dúvida um excelente tempo da “Titia”.



DEPOIS
Nesta segunda-feira fizemos nosso regenerativo desfrutando de um programa que recomendo a todos que tenham a oportunidade de estar aqui um dia: o City Bike Tour da empresa “La BicicletaVerde”.


Foram horas maravilhosas num passeio que teve um enfoque especial na história política recente do Chile contada pelo excelente guia Ricardo.


Com tantos anos de ciclismo somente hoje pude realizar um antigo desejo, o de  pedalar numa bicicleta dupla. Adorei a experiência; era como se estivéssemos  andando de moto.  


Após o termino do passeio fomos conhecer o Mall Sport, um shopping exclusivamente de lojas de esporte, que entre outras muitas coisas tinha Arena de Paint-Ball, Paredes de Escalada e até um lugar para surfar de verdade lá dentro.





Esta cidade vai deixar saudades...


Boa semana!

15 comentários:

  1. Fátima Encarnação3 de abril de 2012 07:50

    Primos ..parabéns! Sinto muito orgulho de vocês!

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS Roberto e Laryssa! Belo texto, experiência maravilhosa!
    A gente aprende cada dia mais e viaja junto com seus relatos.
    Abração. Ah, quero fazer uma camiseta dessas pra mim, como??????
    ADOREI!

    ResponderExcluir
  3. Amigo, seu relato está tão bonito, tão gostoso de ler! Deu muita vontade de ir correr em Santiago, vou projetar pro ano que vem. Parabéns pra tia Lalá também, ela é muito boa na corrida!

    ResponderExcluir
  4. Mui lindo campeão! você nos enche de orgulho! Parabéns, extensivo a Larissa que mandou muito bem. Vocês nos representaram condignamente!!!!Faço minhas as palavras de Sandrinha - o texto está excelente, também viajei em seu relato e senti alguma semelhança (guardadas as devidas proporções) com minha última prova, quando tentei fazer um sub-60 nos 10 km e não consegui. Cada corrida tem sua história! Quanto à camiseta, também gostaria de ter uma. Minha sugestão é que você planeje um treino Pró-Maratona com todos usando referida camiseta. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. Gracias!!! Están en nuestro FB! Saludos desde Santiago, Chile! http://www.facebook.com/biketourschile

    ResponderExcluir
  6. Parabéns meu nobre!!!
    Vc merece, espero um dia chegar perto desse padrão.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns ao casal.

    Se a maratona fosse com um número menor de participantes, certamente o sub 3 seria alcançado, mas de quebra um RP.

    E cadê o relato da corrida da Larissa?

    ResponderExcluir
  8. rola my amigo... estoy acá in el salbadore mi tierra majavilhoça... io fico muy contento con su prueba e los tienpos obetenidos por tu e su enamorada... pero espero que ela no tenga ficado embarazada depues que tu partiste pra tu maratona e la deixaste só... si perque ela tebe q localizar solozinha su propria partida e guarda volumes...
    hei.. aca in nuetra cidad el alcaide Don Joao Henrique manda-lhe felicitaciones pelo EREPÊ...
    pero ele no lo sabe que tu aplicates eel velho guelpe de passar pela largada e despos de una manera mister êmica aparecer-te apienas no final de la prova... mas diesta bez el puevo cumeu tu reggae no és???
    parabens pelo embromechon... pero para libertar-se de uno processo no lo faça again...

    Assassinado Don alerrandro rogério Rodrigo rodolfo

    hei... my ermano herring Don Diego de La Estrovenga tabien manda-le abraços

    e el ligeirinho tambien... alias... ligeirinho - pronunceia-se lirrerinho - foi el vencedor de la prueba en queston..

    ResponderExcluir
  9. Salve meu irmaozinho

    Conseguiu novamente né? Cara... um dia desses vc é apanhado :D

    Parabens, agora serios, pelo tempo meu amigo... como ja me disse baixou "apenas" dois minutos nao foi? pra quem corre - e nao é op meu caso - sabemos que dois minutos é tempo pra caramba...
    nesse ritmo, em 3048 nso jogos olimpicos intergalaticos de marte, vc vai estar fazendo a prova em 2ns... podium certo...

    parabens para larissa tbm - essa sim, corre de maneira honesta... pelo tempo... e olha que nao esva treinando né?

    abraços fraternais

    Rodrigo

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Roberto e Larissa.
    RP é bom demais. Agora para sub 3h falta pouco.
    Rumo a Porto Alegre!
    Um abraço!
    Pataro

    ResponderExcluir
  11. Pataro,
    O sub-3 se Deus quiser ficará para Poá quando correremos juntos.
    Rodrigo,
    Pensando desta forma tenho que começar a preparar o discurso para a vitória nos jogos Olímpicos..rs
    Samuel,
    Agradecemos os parabéns. Acho que mesmo que eu tivesse saído na linha de largada não teria conseguido o sub-3 nesta corrida, mas o caminho é esse mesmo... devagar, aos poucos e sempre.]
    José Amâncio,
    Obrigado pelo carinho. Em maio estamos pensando em fazer um treinão nas Dunas com a galera do Pro-Maratona que servirá tanto como preparação para a Maratona de Porto Alegre quanto para a prova de Praia do Forte.
    Luciana
    Deixa que eu te aviso quando abrirem as inscrições para Santiago 2013, por enquanto podemos pensar naquele Projeto da Maratona de revezamento em Porto Alegre, que tal?
    Sandrinha,
    Já já teremos um evento do Pró-Maratona (Dunas da Lagoa de Dois Dois) pra gente poder brincar juntos e desfilar a camiseta nova.
    Vitório,
    A temporada de treino para Poá já vai começar e a galera tá cobrando sua presença.
    Peter,
    Gracias por la disponibilización de nuestro blog en el FB La Bicicleta Verde.
    Fátima,
    Também nos orgulhamos muito de você. Até vimos pelo seu FB que andou correndo hoje...
    Agraços a todos!

    ResponderExcluir
  12. Roberto parabéns pela bela corrida. Boa representação do nosso país e cidade. Parabéns também a tia Lalá que arrasou.

    Abração aos dois!!!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Roberto por mais essa! Que sofrimento para encontrar a largada hein? Nsa Senhora do Chip ajudou tb! quem corre sabe o quanto é difícil reduzir um minuto. Na próxima será sub-3 amigo!

    PArabéns a Titia Lalá tb, para quem não treina ela foi excelente.

    E esse passeio de bike. Tem gente falando para eu comprar uma, mas como vc sabe não sei andar e tenho medo de deixar de lado.

    Amei tb este shopping, muito massa!

    Parabéns de novo pelo RP e muito sucesso para as próximas!

    Espero vc para treinarmos!

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Parabéns! Coincidentemente estivemos hospedados no mesmo hotel.

    Como faço para saber o número de concluintes na meia maratona?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Ivone,
    Obrigado pelo comentário.
    No caso de precisar de uma ajuda com a bike pode contar comigo.
    A corrida foi boa e a tia Lalá mandou melhor que eu por lá.

    Tiago!
    Num primeiro momento estava dando a listagem por ordem de chegada daí era só clicar na última página e ver quantos concluiram agora está uma bagunça aquele resultado e ficou complicado para saber. Vou aguardar a Contra Relógio.
    Ficamos no mesmo hotel? Como ficou sabendo?
    Abraços!

    ResponderExcluir